Róger Guedes, Yuri Alberto e Willian. Ataque dos sonhos do Corinthians mostra sua força. 3 a 1 contra o Coritiba – Prisma

São Paulo, Brasil Róger Guedes, Yuri Alberto e Willian. O Corinthians mostrou o seu ataque dos sonhos contra o muito bem organizado Coritiba, de Gustavo Morínigo. Yuri Alberto parece que nasceu para jogar no Parque São Jorge. Logo na estreia, o jogador de 21 anos conseguiu incendiar o time […]

Róger Guedes, Yuri Alberto e Willian. Ataque dos sonhos do Corinthians mostra sua força. 3 a 1 contra o Coritiba – Prisma




São Paulo, Brasil

Róger Guedes, Yuri Alberto e Willian.

O Corinthians mostrou o seu ataque dos sonhos contra o muito bem organizado Coritiba, de Gustavo Morínigo.

Yuri Alberto parece que nasceu para jogar no Parque São Jorge. Logo na estreia, o jogador de 21 anos conseguiu incendiar o time de Vítor Pereira. E caiu no gosto da torcida, que mais uma vez lotou a arena de Itaquera.

E as 39.852 pessoas que pagaram ingresso viram o Corinthians muito mais vibrante ofensivamente. Com mais movimentação, troca de posição, dribles. Yuri Alberto era a peça que faltava: um atacante centralizado, mas com técnica, velocidade, personalidade e muita garra.

Apesar de o Coritiba fazer sua melhor partida no Brasileiro, a luta, a determinação e a postura incessante na busca da gols, foi premiada. 

Vitória suada, brigada por 3 a 1. Resultado importante, que leva o time à segunda colocação do Brasileiro, a um ponto do Palmeiras.

Os gols foram de Róger Guedes, Adson e Raul Gustavo.

“Estou muito feliz, muito contente em poder voltar a jogar. Fiquei dois meses sem atuar. Atuei por noventa minutos, com muitas dores musculares, mas é normal. Daqui cinco, seis jogos, retomo o ritmo. Infelizmente o gol não saiu, mas consegui ajudar a equipe me entregando ao máximo”, disse, satisfeito, Yuri Alberto.



Matéria Origial