Pulgar evita falar sobre problemas pessoais em apresentação no Fla – Esportes

O volante chileno Erick Pulgar foi apresentado na tarde desta quinta-feira (4) no Flamengo e evitou falar sobre as polêmicas da vida pessoal. Durante as negociações com o time carioca, alguns torcedores chegaram a pedir nas redes sociais para que o Rubro-negro não o contratasse. […]

Pulgar evita falar sobre problemas pessoais em apresentação no Fla – Esportes










O volante chileno Erick Pulgar foi apresentado na tarde desta quinta-feira (4) no Flamengo e evitou falar sobre as polêmicas da vida pessoal.

Durante as negociações com o time carioca, alguns torcedores chegaram a pedir nas redes sociais para que o Rubro-negro não o contratasse.

Ele foi condenado por ter atropelado um idoso, que veio à óbito, e não ter prestado socorro, em 2013, quando tinha 19 anos. Também é testemunha de uma denúncia de estupro, que teria ocorrido em sua casa.















“Sou um jogador que fala muito pouco fora de campo. Só agradecer à diretoria por todo o esforço que fizeram. Quando me falaram que poderia vir, sempre estive à disposição. Estou muito feliz. Tudo que aconteceu já passou. Falo muito pouco da minha vida fora do futebol. Perguntas fora do futebol não têm razão”, disse.

Pulgar irá utilizar a camisa 5, que era de Willian Arão, negociado com o Fenerbahçe, da Turquia. Na Libertadores, no entanto, ele vestirá a 2, que era de Gustavo Henrique, também jogador do time turco agora.

Ele também comentou sobre atuar ao lado do compatriota Arturo Vidal e se disse muito feliz. “Já joguei muitos jogos com ele na seleção. Sempre foi uma honra jogar com ele na seleção e mais ainda agora no dia a dia do Flamengo”, concluiu.

Pulgar já está regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e pode fazer sua estreia pelo Rubro-negro. Ela pode ser no sábado (6), conta o São Paulo, pela 21ª rodada do Brasileirão.

Hulk e Galo dividem espaços nas arquibancadas de Atlético-MG e Palmeiras pela Libertadores







Matéria Origial