Pezzolano lamenta empate do Cruzeiro contra o Criciúma: “Tarde não foi muito boa”

Líder isolado do Campeonato Brasileiro e muito perto de voltar à elite nacional, o Cruzeiro decepcionou neste domingo seus mais de 58 mil torcedores que lotaram o estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, ao empatar por 1 a 1 com o Criciúma, pela 28ª rodada. O técnico uruguaio Paulo Pezzolano lamentou o tropeço e reconheceu que […]

Pezzolano lamenta empate do Cruzeiro contra o Criciúma: “Tarde não foi muito boa”


Líder isolado do Campeonato Brasileiro e muito perto de voltar à elite nacional, o Cruzeiro decepcionou neste domingo seus mais de 58 mil torcedores que lotaram o estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, ao empatar por 1 a 1 com o Criciúma, pela 28ª rodada. O técnico uruguaio Paulo Pezzolano lamentou o tropeço e reconheceu que a sua equipe não esteve bem. Além disso, destacou a necessidade de buscar tranquilidade para confirmar o retorno à Série A.

“A tarde não foi muito boa para nós. Depois tem o nervosismo, está mais perto (acesso), então começa o nervosismo de querer ganhar o jogo na primeira bola, rápido e esquecemos que o jogo tem 100 minutos”, disse o treinador em entrevista coletiva.

Pezzolano, no entanto, elogiou a postura dos jogadores, especialmente na segunda etapa da partida, quando o time conseguiu o empate já aos 45 minutos. “O que posso falar e ressaltar é a coragem e o coração dos jogadores. Esse jogo não estava fácil e o Cruzeiro até o último minuto, até o último segundo, seguiu tentando atacar. Parabéns aos jogadores”, comentou.

Neste momento, faltando 10 rodadas para o encerramento da competição, o Cruzeiro tem 59 pontos contra 41 do Londrina, que está na quinta colocação. Pezzolano admitiu que viu nos jogadores a ansiedade em confirmar o acesso para a Série A.

“Temos que baixar um pouco a ansiedade. Hoje (domingo) tínhamos que ganhar, mas às vezes a ansiedade joga contra. Temos que baixar a ansiedade e saber que vamos subir sim. Estamos convencidos, perto, mas vai chegar no momento que tem que chegar”, finalizou.

Deixe seu comentário



Matéria Origial