Neymar marca, PSG vence Brest e retoma a liderança do Francês

O Paris Saint Germain recebeu o Brest neste sábado, pela sétima rodada do Campeonato Francês. Com gol de Neymar, o clube comandado por Christophe Galtier venceu mais uma no torneio e retomou a liderança. Invicto, o Paris agora aparece no topo com 19 pontos e não pode ser mais ultrapassado até o fim da rodada. […]

Neymar marca, PSG vence Brest e retoma a liderança do Francês



O Paris Saint Germain recebeu o Brest neste sábado, pela sétima rodada do Campeonato Francês. Com gol de Neymar, o clube comandado por Christophe Galtier venceu mais uma no torneio e retomou a liderança.
Invicto, o Paris agora aparece no topo com 19 pontos e não pode ser mais ultrapassado até o fim da rodada. Seu adversário ocupa a 17ª posição, com cinco.
O Lens, que vem em segundo colocado, está com 17 somados. O Olympique de Marselha, que joga ainda neste sábado, está em terceiro com 16 unidades. Caso vença, irá igualar a pontuação com seu adversário direto pela primeira colocação, mas por conta do saldo de gols não vira líder.
Pela frente o Paris Saint-Germain tem a disputa da Liga dos Campeões. Na próxima quarta-feira, o time visita o Maccabi Haifa às 16 horas (de Brasília). O Brest entra em campo apenas no próximo fim de semana. No domingo, recebe o Ajaccio às 10 horas.

Primeiro tempo

Desde o início o time de Christophe Galtier impôs muita pressão no jogo. Com nem dez minutos no marcador, Neymar recebeu passe de Messi na área, dominou e chutou de esquerda, mas sem ângulo.
Na sequência, o argentino deu outro passe certeiro para Bernat, que deixou para Mbappé chutar de primeira por cima. Até que saiu o gol. Novamente Messi participou da jogada e fez outro lançamento perfeito para Neymar. O brasileiro dominou e chutou na saída do goleiro para estrear o placar.
Sem deixar o desempenho cair, o time administrou a vantagem com mais algumas chances perigosas, mas desceu para os vestiários com a folga mínima.

Segundo tempo

Na volta, o cenário foi o mesmo. Para começar a todo vapor, Mbappé cruzou na pequena área e Messi cabeceou no canto direito, mas a bola bateu na trave.
O Paris teve a chance de ampliar após uma construção do lance entre o trio, mas foi desperdiçada. Messi passou para Mbappé, que devolveu pro companheiro achar Neymar. O jogador deu um toque para o francês, mas chutou mal de canhota.
Próximo aos 20 últimos minutos, Fadiga foi derrubado por Kimpembe e o árbitro marcou pênalti. A história do duelo podia ter sido mudada, mas Donnarumma foi no canto esquerdo defender a cobrança de Slimani e impediu que o placar fosse mexido.
Deixe seu comentário



Matéria Origial