MPF denuncia três por assassinatos de Dom Phillips e Bruno Pereira Por Reuters

© Reuters. Indígenas protestam em Recife após assassinato de indigenista Bruno Pereira e jornalista Dom Phillips 24/06/2022 REUTERS/Diego Nigro Por Lisandra Paraguassu BRASÍLIA (Reuters) – O Ministério Público Federal (MPF) denunciou três pessoas pelos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, ocorrido no mês passado no Vale do Javari, na Amazônia. […]

MPF denuncia três por assassinatos de Dom Phillips e Bruno Pereira Por Reuters



© Reuters. Indígenas protestam em Recife após assassinato de indigenista Bruno Pereira e jornalista Dom Phillips
24/06/2022 REUTERS/Diego Nigro

Por Lisandra Paraguassu
BRASÍLIA (Reuters) – O Ministério Público Federal (MPF) denunciou três pessoas pelos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, ocorrido no mês passado no Vale do Javari, na Amazônia.
Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como “Pelado”, Oseney da Costa de Oliveira, o “Dos Dantos”, e Jefferson da Silva Lima, o “Pelado da Dinha”, tiveram a denúncia aceita pela Justiça Federal do Amazonas e tornaram-se réus por duplo homicídio qualificado e ocultação de cadáver, de acordo com nota divulgada pelo MPF.
Dom e Bruno desapareceram no Vale do Javari no início de junho. Depois de 24 horas sem dar notícias, as famílias de ambos fizeram o alerta pelas redes sociais e acionaram a polícia. Os corpos foram encontrados em um rio cerca de 10 dias depois.

De acordo com o MPF, Amarildo e Jefferson confessaram o crime, enquanto Oseney teve sua participação comprovada por testemunhas.
Em nota, o MPF explicou que já havia registro de desentendimentos entre Bruno e Amarildo por pesca ilegal dentro do território indígena. “O que motivou os assassinatos foi o fato de Bruno ter pedido para Dom fotografar o barco dos acusados, o que é classificado pelo MPF como motivo fútil e pode agravar a pena”, diz a nota.
O jornalista britânico teria sido morto por estar junto com Bruno –ele estava no Javari fazendo pesquisas para um livro que escrevia– para que não pudesse identificar os assassinos.



Matéria Origial

Relacionados