Michelle estreia em inserção de campanha após desastre de Bolsonaro sobre mulheres em debate Por Reuters

© Reuters. 16/08/2022 REUTERS/Ricardo Moraes Por Ricardo Brito BRASÍLIA (Reuters) – A primeira-dama Michelle Bolsonaro fez sua primeira aparição em uma inserção veiculada na TV nesta terça-feira após o erro grave, segundo avaliação de fontes da própria campanha, que o presidente Jair Bolsonaro (PL) cometeu em declarações sobre mulheres durante o debate no domingo à […]

Michelle estreia em inserção de campanha após desastre de Bolsonaro sobre mulheres em debate Por Reuters



© Reuters. 16/08/2022
REUTERS/Ricardo Moraes

Por Ricardo Brito
BRASÍLIA (Reuters) – A primeira-dama Michelle Bolsonaro fez sua primeira aparição em uma inserção veiculada na TV nesta terça-feira após o erro grave, segundo avaliação de fontes da própria campanha, que o presidente Jair Bolsonaro (PL) cometeu em declarações sobre mulheres durante o debate no domingo à noite.
Michelle aparece em uma inserção de 30 segundos em que a campanha de Bolsonaro exalta a entrega da obra da transposição do Rio São Francisco. Em sua fala, ela faz um forte aceno às mulheres nordestinas, região onde o candidato à reeleição enfrenta dificuldades.
“A água chegou no sertão, trouxe vida, alegria e esperança. A mulher sertaneja que carregava lata d’água na cabeça agora pode usar a sua força para voltar à escola ou para tirar o alimento que está brotando na terra”, disse.
“Tem mais tempo para ficar com a família, os filhos e viver uma nova vida, um presente para a mulher que merece e deve ser o que ela quiser. Juntas, estamos construindo um Brasil para elas, com elas e por elas”, destacou.
Segundo uma das fontes, o vídeo de Michelle para a campanha de Bolsonaro já tinha sido gravado antes da participação do presidente no debate. Desde a semana passada, quando a campanha foi oficializada, ela já vinha participando de atos sozinha ou com o marido, inclusive discursando.
No sábado, Michelle participará em Novo Hamburgo, no interior do Rio Grande do Sul, do evento “Mulheres pela vida e pela família”, em mais uma agenda de campanha.
Em outro lance para reforçar Bolsonaro no público feminino, na quarta, o presidente vai promover no início da tarde uma motociata na qual, pela primeira vez, as mulheres vão guiar na frente dos homens.
A campanha de Bolsonaro busca realizar uma série de iniciativas para reduzir a rejeição e ampliar a votação do candidato à reeleição nessa fatia do eleitorado, a maior do país.

Segundo outra fonte, a imagem de Michelle na campanha à reeleição busca suavizar a imagem do presidente diante do eleitorado feminino e também reforçar a presença, com a primeira-dama, no segmento religioso, em especial o público evangélico.
Antes da corrida iniciar oficialmente, Michelle estava reticente de participar de programas eleitorais e de atos de campanha, conforme as fontes.
A campanha do presidente trabalha para reverter o estrago após os ataques que ele fez durante o debate à jornalista Vera Magalhães e à senadora e candidata do MDB à Presidência, Simone Tebet.



Matéria Origial

Relacionados