Lula recusa participação em sabatina ‘Estadão’ e FAAP; evento discute o País Por Estadão Conteúdo

© Reuters. Lula recusa participação em sabatina ‘Estadão’ e FAAP; evento discute o País A campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) informou nesta segunda-feira, 19, que o candidato à Presidência não vai participar da série de sabatinas organizada pelo Estadão em parceria com a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), que ocorreria hoje. Na […]

Lula recusa participação em sabatina ‘Estadão’ e FAAP; evento discute o País Por Estadão Conteúdo



© Reuters. Lula recusa participação em sabatina ‘Estadão’ e FAAP; evento discute o País

A campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) informou nesta segunda-feira, 19, que o candidato à Presidência não vai participar da série de sabatinas organizada pelo Estadão em parceria com a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), que ocorreria hoje. Na ausência de Lula, será realizado, no mesmo local e horário – às 10h, na sede da FAAP, na capital paulista -, um debate sobre caminhos e propostas para o País e ações que poderão ser adotadas pelo futuro presidente.O evento será transmitido nas plataformas do Estadão e nas redes sociais da FAAP. Participam do debate Jorge Kalil, imunologista, professor da Universidade de São Paulo (USP) e diretor-presidente do Instituto Todos pela Saúde; Marcos Schahin, professor do curso de Direito da FAAP; e Bernard Appy, economista e ex-secretário executivo de Política Econômica do Ministério da Fazenda.Assim como ocorreu com o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), que também não participou da sabatina, uma cadeira vazia será colocada no palco para simbolizar a ausência de Lula. DEBATEO debate entre candidatos a presidente promovido pelo Estadão e a Rádio Eldorado, em parceria com SBT, CNN, , Veja e Rádio Nova Brasil, marcado para o próximo sábado, com início às 18h15, já tem definidas regras e posições dos adversários nas bancadas.Foram convidados os sete candidatos cujos partidos possuem, no mínimo, cinco deputados federais, conforme a legislação eleitoral: Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (União Brasil), Felipe d’Avila (Novo) e Padre Kelmon (PTB), além de Lula e Bolsonaro. A mediação será feita pelo jornalista Carlos Nascimento.Serão quatro blocos, com duração total de cerca de duas horas. Em dois blocos os candidatos se enfrentam diretamente e, nos demais, respondem a perguntas de jornalistas dos veículos que compõem o pool. Não haverá plateia. No estúdio estarão apenas quatro assessores de cada candidato.Um sorteio realizado ontem, em reunião virtual com a presença de representantes dos sete candidatos, estabeleceu, além do posicionamento de cada candidato no palco, a ordem em que farão as perguntas nos dois blocos em que se enfrentarão. Todos perguntam, todos respondem e todos comentam uma única vez em cada segmento. A primeira pergunta será de Simone Tebet (PMDB). O debate será transmitido ao vivo pelas redes sociais do Estadão e pela Rádio Eldorado.



Matéria Origial

Relacionados