Federer confirma que jogará duplas com Nadal em despedida das quadras – Esportes

Roger Federer vai jogar ao lado do seu maior rival em sua despedida das quadras. Nesta quinta-feira (22), o tenista suíço de 41 anos confirmou que formará dupla com Rafael Nadal na Laver Cup, torneio que será disputado entre sexta (23) e domingo (25), em Londres. A aguardada última partida de Federer […]

Federer confirma que jogará duplas com Nadal em despedida das quadras – Esportes




Roger Federer vai jogar ao lado do seu maior rival em sua despedida das quadras. Nesta quinta-feira (22), o tenista suíço de 41 anos confirmou que formará dupla com Rafael Nadal na Laver Cup, torneio que será disputado entre sexta (23) e domingo (25), em Londres. A aguardada última partida de Federer está marcada para sexta.

Suíço e espanhol vão representar o Time Europa contra os americanos Frances Tiafoe e Jack Sock, do Time Mundo. A Laver Cup, que tem Federer como um dos seus criadores, é uma competição ainda considerada nova no circuito, e coloca frente à frente duas equipes em jogos de simples e duplas ao longo de um fim de semana.



Será a segunda vez que Federer e Nadal jogarão juntos uma partida de duplas. A primeira aconteceu justamente na primeira edição da Laver Cup, em 2017. Na ocasião, eles tiveram trabalho para superar outra dupla americana, formada pelo mesmo Jack Sock e Sam Querrey. O placar foi de 6/4, 1/6 e 10/5, com decisão somente no match tie-break.

“É uma pressão diferente depois de tudo o que compartilhamos. Fazer parte deste momento histórico será inesquecível para mim. Estou muito emocionado, espero poder jogar bem, criar um bom momento e ganhar a partida”, comentou Nadal. “Estar ao lado de Roger mais uma vez é algo que espero com muita vontade e me faz muito feliz.”

A despedida de Federer das quadras foi anunciada na semana passada, em longa carta ao mundo do tênis. Nela, o suíço afirmou que seu corpo não aguentava mais o ritmo do circuito, principalmente após três cirurgias no joelho direito em apenas um ano e meio. E avisou que deixaria oficialmente o circuito na Laver Cup.



Nesta semana, ele descartou disputar jogos de simples no torneio. Vai estar em quadra apenas uma vez, para uma partida de duplas, agora confirmada com Nadal ao seu lado. Os dois tenistas formam uma das maiores rivalidades da história do tênis. O clássico ganhou até apelido: “Fedal”. Mas o espanhol liderou a série com certa vantagem. Ele soma 24 vitórias, contra 16 do suíço, que “reagiu” nos últimos jogos entre eles. Venceu sete dos últimos oito confrontos.

Nadal foi o primeiro a quebrar o recorde de títulos de Grand Slam, que pertencia a Federer desde a década passada. Com 20 troféus, o suíço viu o espanhol alcançar os 21 e também os 22 títulos, ambos neste ano. O sérvio Novak Djokovic chegou aos 21 e também superou o suíço recentemente.

“As relações pessoais são mais importantes que as profissionais. Vai ser difícil lidar com tudo isso, principalmente para Roger, mas também para mim. É um dos jogadores mais importantes da minha carreira e da história. Sou grato por poder jogar com ele”, comentou Nadal.

A Laver Cup surgiu em 2017 em caráter quase festivo, com homenagens a grandes lendas do esporte e à liderança de Federer. Dois anos depois, foi incorporada oficialmente pela ATP e entrou no calendário.

Em sua 5ª edição (não foi disputada em 2020 por conta da pandemia), a competição mantém a fórmula de reunir o Time Mundo e o Time Europa, cada equipe com seis tenistas, escolhidos com base no ranking. Os competidores são divididos em 12 partidas — nove em simples e três em duplas —, e a equipe que terminar com a maior pontuação vence.

Federer se despede das quadras com 20 Grand Slams, 237 semanas no topo do ranking e muito mais



Matéria Origial