Estrela do Flamengo vive sua maior seca de gols no ano

Empate sem gols diante do Athletico-PR, pelas quartas de final da Copa do Brasil, marcou o quinto do atacante Gabigol, do Flamengo, sem balançar as redes.O camisa nove do Rubro-Negro vem atuando em uma nova função desde que Dorival Jr. assumiu como técnico da equipe e isso vem sendo apontado como uma das justificativas de […]

Estrela do Flamengo vive sua maior seca de gols no ano



Empate sem gols diante do Athletico-PR, pelas quartas de final da Copa do Brasil, marcou o quinto do atacante Gabigol, do Flamengo, sem balançar as redes.O camisa nove do Rubro-Negro vem atuando em uma nova função desde que Dorival Jr. assumiu como técnico da equipe e isso vem sendo apontado como uma das justificativas de sua seca de gols, mas não em sua totalidade.O jogador vem atuando um pouco mais recuado do que o normal, uma vez que Pedro passou a ganhar oportunidades como titular. Mesmo assim, tem aparecido na cara do gol, como foi contra o Avaí e diante do próprio Furacão. Contudo, não conseguiu converter as chances em gols.A maior movimentação entre a defesa adversária vem permitindo que Arrascaeta e Everton Ribeiro tenham mais liberdade para articular jogadas. Dessa forma, apesar de não estar marcando com frequência, Gabi vem contribuindo muito taticamente para o Fla.A liberdade de movimentos também permite jogadas com os laterais, já que Pedro fica na grande área a espera de um cruzamento.Mesmo com a seca, o técnico do Mengão prestou apoio e acredita que, em algum momento, o atacante vai quebrar o jejum.“Nos momentos decisivos, ele vai fazer. Podem ter certeza. Gabriel é letal na área. O papel que ele tem cumprido taticamente, a chance que ele tem criado, ele tem dado uma outra cara para equipe. No momento que precisarmos, não temos dúvida de que estará presente. É questão de tempo, de manter a confiança. São os momentos decisivos que ele contribui mais diretamente para o conforto da equipe”, comentou Dorival após o duelo com o CAP.

Os números de Gabigol pelo Flamengo na temporada

No Fla desde 2019, o jogador é considerado uma das maiores referências no ataque, independente de qual função faz em campo. Segundo números do site oGol, até o momento, na atual temporada, o atacante marcou 20 gols em 42 jogos.



Matéria Origial