Cuca afirma que Atlético-MG não jogou mal contra o Inter e avisa: “Sei como fazer. Vai melhorar”

Atual campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil pelo Atlético-MG, o técnico Cuca reestreou pelo clube mineiro, sete meses após a sua saída. Seu recomeço não foi nada bom neste domingo com a derrota para o Internacional por 3 a 0, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 20ª rodada do Nacional. Mas […]

Cuca afirma que Atlético-MG não jogou mal contra o Inter e avisa: “Sei como fazer. Vai melhorar”


Atual campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil pelo Atlético-MG, o técnico Cuca reestreou pelo clube mineiro, sete meses após a sua saída. Seu recomeço não foi nada bom neste domingo com a derrota para o Internacional por 3 a 0, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 20ª rodada do Nacional. Mas ele não viu somente coisas ruins em campo. Pregou calma e disse ao torcedor atleticano saber o caminho para a reação.
“É recomeçar um trabalho que a gente sabia que ia ter. Então está no preço. Eu sei como fazer, de que forma fazer. As coisas vão melhorar”, afirmou Cuca em entrevista coletiva, que não viu o Atlético-MG fazer um jogo ruim em Porto Alegre.
“Eu não diria que o time fez um mau jogo, não dá para dizer. ‘Ah, mas perdeu de três e o Cuca está falando…’. Mas se você pegar números do jogo, friamente, não disser o resultado: ‘Nossa, o jogo foi 3 a 3, 4 a 3’. Mas foi 3 a 0 porque o adversário foi eficaz, fez os gols, dentro da transição que eles queriam, da forma que eles queriam”, avaliou.
Mas Cuca cobra que todos no Atlético-MG assumam responsabilidade. Segundo ele, o peso não pode ficar apenas no argentino Antonio Mohamed, o antigo comandante. Diz ainda que a solução não será apenas dele e, sim, um conjunto.
“Cabe a nós termos essa responsabilidade, todos tem que assumir. Não é só o treinador que saiu ou o que chegou. São todos. É degustar (a derrota) por mais difícil que seja, digerir um pedacinho cada um e disso tirar proveito”, constatou.
Nesta quarta-feira, o Atlético-MG tem o primeiro duelo diante do Palmeiras, pela rodada de ida das quartas de final da Copa Libertadores. As equipes se enfrentam a partir das 21h30 (de Brasília), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

“Você tem a oportunidade, daqui a dois dias, de apagar uma derrota, um resultado ruim. Essa é a grande vantagem. Em um grande jogo. Cabe a nós ter essa responsabilidade, assumir a responsabilidade. Todos têm que assumir a responsabilidade, não é só o treinador que saiu ou o treinador que chegou. São todos, todos, todos. Tem que assumir, degustar, por mais difícil que seja, digerir um pedacinho cada um e disso tirar proveito”, pontuou Cuca.
“O que se tem que fazer em um momento desses? É assimilar, saber administrar uma derrota dura como foi esta e tirar lições em cima dela. Isso é trabalho meu. Devo trabalhar, a curto prazo, dois dias, até enfrentar o próximo jogo, que é importantíssimo também, contra o Palmeiras. É corrigir os defeitos que tivemos”, completou.
Deixe seu comentário



Matéria Origial