Corinthians perde do América-MG e segue fora do G4 do Brasileirão

Depois de se classificar para a final da Copa do Brasil, o Corinthians foi até Belo Horizonte, mas saiu derrotado com um time bastante modificado diante do América-MG por 1 a 0, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vez que o Coelho venceu o Timão no estádio em jogos […]

Corinthians perde do América-MG e segue fora do G4 do Brasileirão



Depois de se classificar para a final da Copa do Brasil, o Corinthians foi até Belo Horizonte, mas saiu derrotado com um time bastante modificado diante do América-MG por 1 a 0, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vez que o Coelho venceu o Timão no estádio em jogos oficiais.

Na tabela

Com o resultado, o Corinthians permanece fora do G4, com os mesmos 44 pontos, na quinta colocação. Já o América chegou aos 39 pontos, na oitava posição.

E agora?

O Brasileirão terá uma pausa por conta dos últimos amistosos da Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo, contra Tunísia e Gana, nos dias 23 e 27 de setembro, na Europa.
O próximo compromisso do Timão será um dia depois, em 28 de setembro, na Neo Química Arena, contra o Atlético-GO, às 19h (de Brasília). Já o Coelho visita o Cuiabá no mesmo dia, mas às 21h (de Brasília), pela 28ª rodada.

O jogo

América-MG melhor

O primeiro tempo foi dividido em momentos de destaque para os donos da casa, outros para o Corinthians e, ainda, bons minutos sem chances criadas. O melhor em campo foi Juninho, que criou as duas primeiras oportunidades do América-MG, que foi superior nos 45 minutos iniciais.
Os lances de maior perigo aconteceram ainda no início, primeiro aos três minutos, em cabeçada de Juninho, para defesa de Cássio. Depois, ele lançou para Felipe Azevedo, que apareceu atrás da linha dos zagueiros, mas o arqueiro corintiano se adiantou e mandou a bola para longe.
O Coelho rondou sua área de ataque com escanteios e outras chegadas e, aos 43, Henrique Almeida recebeu, dominou e finalizou para grande defesa de Cássio.
O melhor momento do Corinthians aconteceu entre 16 e 18 minutos. Primeiro, Adson recebeu pela direita e chutou de longa distância, com perigo, obrigando intervenção de Cavichioli. Pouco depois, em saída errada do goleiro, Mateus Vital também arriscou de frente, na entrada da área, em outra defesa.

Juninho faz

No retorno do intervalo, três modificações: Léo Mana, Xavier e Róger Guedes saíram para as entradas de Robson Bambu, Du Queiroz e Yuri Alberto, provocando uma melhora nas ações do clube visitante em campo.
Como na etapa inicial, a primeira chance foi do Coelho, com dois minutos, em chute de Felipe Azevedo de fora da área. Cássio espalmou. Depois, aos 12, Henrique Almeida chutou e a bola passou perto da trave. Já aos 19, Azevedo chegou a marcar, mas o companheiro estava impedido no início da jogada.
O Corinthians chegou aos quatro minutos, após cobrança de escanteio, em quase gol contra de Éder. Sem conseguir criar mais chances ofensivas, Renato Augusto entrou no lugar de Adson.
No entanto, aos 31 minutos, após saída rápida, Cáceres levantou na área, Mastriani encostou de cabeça na segunda trave e Juninho, sozinho, completou para o fundo das redes, fazendo o único gol do jogo.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 X 0 CORINTHIANS
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)Data: 18 de Setembro de 2022, domingoHorário: 18h (de Brasília)Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)Assistentes: Michael Correia (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)Cartões amarelos: Benítez (América-MG); Raul Gustavo, Bruno Méndez e Roni (Corinthians)GOL: América-MG: Juninho, aos 31 minutos do segundo tempo.
AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres (Patric), Ricardo Silva, Éder e Marlon; Alê, Juninho e Benítez (Índio Ramirez); Matheusinho (Maidana), Felipe Azevedo (Aloísio) e Henrique Almeida (Mastriani). Técnico: Vagner Mancini.
CORINTHIANS: Cássio; Léo Mana (Robson Bambu), Bruno Méndez, Raul Gustavo, Lucas Piton; Roni (Fausto Vera) e Xavier (Du Queiroz); Giuliano, Adson (Renato Augusto), Mateus Vital; Róger Guedes (Yuri Alberto). Técnico: Vítor Pereira.
Deixe seu comentário



Matéria Origial