Braga Netto faz ‘adesivaço’ esvaziado em região central de Brasília Por Estadão Conteúdo

© Reuters Braga Netto faz ‘adesivaço’ esvaziado em região central de Brasília O candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PL), general Braga Netto, fez um ato de “adesivaço” nesta sexta-feira, 2, em Brasília. Em vídeo publicado nas redes sociais, o ex-ministro da Defesa aparece colando adesivos em carros de apoiadores na Torre de […]

Braga Netto faz ‘adesivaço’ esvaziado em região central de Brasília Por Estadão Conteúdo


© Reuters Braga Netto faz ‘adesivaço’ esvaziado em região central de Brasília

O candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PL), general Braga Netto, fez um ato de “adesivaço” nesta sexta-feira, 2, em Brasília. Em vídeo publicado nas redes sociais, o ex-ministro da Defesa aparece colando adesivos em carros de apoiadores na Torre de TV, ponto turístico que fica na região central da capital federal, ao lado do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente. O evento, no entanto, não atraiu uma claque para ver o general.Escolhido com vice na campanha de reeleição do atual presidente, Braga Netto adotou uma campanha separada de Jair Bolsonaro para pedir votos. No mês passado, ele começou a corrida em Minas Gerais, um dos Estados estratégicos para os bolsonaristas e onde aliados acreditam que é possível diminuir a vantagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas intenções de voto.Antes ausente das redes sociais, o candidato a vice-presidente começou a atuar no Twitter em agosto, junto com o período de início da campanha oficial. Até o momento, ele acumula 120,1 mil seguidores. Além da vaga de vice, o general da reserva está na coordenação de campanha de Bolsonaro à reeleição.Nas imagens do “adesivaço” que Braga Netto divulgou, é possível ver a equipe de campanha coletando imagens e depoimentos de apoiadores com câmeras e microfones. Até o momento, ele não protagonizou as propagandas na TV e nas redes sociais, papel que tem sido assumido pelo próprio presidente e pela primeira-dama Michelle Bolsonaro.



Matéria Origial

Relacionados