Botafogo fica no empate com o América-MG pelo Brasileirão

O Botafogo continua com dificuldade para fazer valer o mando de campo no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Fogão ficou no zero a zero com o América-MG, no Estádio Nilton Santos, pela 26ª rodada. Parte da torcida vaiou o time carioca após o apito final. Após a vitória sobre o Fortaleza, fora de casa, o […]

Botafogo fica no empate com o América-MG pelo Brasileirão


O Botafogo continua com dificuldade para fazer valer o mando de campo no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Fogão ficou no zero a zero com o América-MG, no Estádio Nilton Santos, pela 26ª rodada. Parte da torcida vaiou o time carioca após o apito final.
Após a vitória sobre o Fortaleza, fora de casa, o Botafogo não consegue embalar no Brasileirão. Agora, são quatro jogos consecutivos sem ganhar no Estádio Nilton Santos (três empates e uma derrota).
Depois de uma boa atuação na última partida, o Botafogo teve dificuldades ofensivas contra o América-MG. Com o empate, o clube carioca vai a 31 pontos e está na 12º colocação, enquanto o Coelho, com 36 pontos, está em oitavo lugar.
Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Coritiba, sábado, às 19h (horário de Brasília), no Estádio Nilton Santos. Já o América-MG enfrenta o Corinthians, domingo, às 18h (de Brasília), no Independência.
O jogo – Tudo começou equilibrado, mas sem muita emoção. A primeira chance real de perigo aconteceu aos 14 minutos. Lucas Fernandes cobrou falta para a área. Tiquinho Soares cabeceou e quase marcou. A bola saiu à direita do gol.
O Botafogo novamente levou perigo em bola parada. Aos 24, Lucas Fernandes cobrou falta da entrada da área e obrigou Matheus Cavichioli a salvar o América-MG.
O clube mineiro criou sua melhor chance aos 46 minutos. Henrique Almeida foi lançado nas costas da zaga, mas bateu por cima. O primeiro tempo terminou sem gols.
O meio de campo do Botafogo não funcionou na primeira etapa. Eduardo foi discreto, enquanto Tchê Tchê e Lucas Fernandes não deram a dinâmica necessária. Assim, Jeffinho ficou como a única válvula de escape e as melhores chances do clube carioca foram em bolas paradas.
O América-MG, por sua vez, teve maior posse de bola, mas pecou na hora de transformar as investidas em chances de gol. Contudo, fez uma atuação segura na primeira etapa.
No começo do segundo tempo, Jeffinho recebeu lateral de Marçal, avançou, mas chutou sem direção. O Fogão melhorou. Tiquinho Soares ganhou duas pelo alto. Cavichioli defendeu a primeira e a segunda foi para fora.
Aos 14, Lucas Fernandes foi providencial e bloqueou, na área, a finalização de Felipe Azevedo. O técnico Luís Castro, aos 20 minutos, fez as primeiras mudanças no Botafogo. Ele colocou Gabriel Pires e Lucas Piazon. Saíram Lucas Fernandes e Victor Sá.
O goleiro Matheus Cavichioli salvou o América-MG aos 31 minutos. Após lateral cobrado para a área, a bola sobrou para Jeffinho. Ele emendou, mas Cavichioli espalmou. O Botafogo lutou, mas não foi o suficiente. O duelo terminou empatado.

FICHA TÉCNICABOTAFOGO 0 X 0 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)Data: 11/09/2022, domingoHorário: 11h (de Brasília)Público e renda: 28.387 pagantes / 32.286 presentes / R$ 822.954,00Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP-Fifa) e Victor Hugo Imazu dos Santos (SP)VAR: Daniel Nobre Bins (RS)Cartão amarelo: Emmanuel Martínez, Henrique Almeida, Lucas Kal, Marlon e Aloísio (América-MG) e Victor Sá (Botafogo)
BOTAFOGO: Gatito Fernández; Saravia, Adryelson, Víctor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê, Lucas Fernandes (Gabriel Pires) e Eduardo; Victor Sá (Lucas Piazon), Jeffinho e Tiquinho Soares.Técnico: Luís Castro.
AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres, Éder, Ricardo Silva (Maidana) e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Emmanuel Martínez (Alê); Felipe Azevedo (Aloísio), Everaldo (Matheusinho) e Henrique Almeida (Mastriani).Técnico: Vagner Mancini.
Deixe seu comentário



Matéria Origial