Atlético-MG demonstra apoio à Zaracho

A diretoria do Atlético-MG se reuniu com seus jogadores nesta quarta-feira. Pelas redes sociais, o clube demonstrou apoio a Zaracho, que foi abordado por membros de uma torcida organizada enquanto estava com sua família em um bar. O meia fez uma publicação em suas redes sociais explicando o motivo pelo qual estava no estabelecimento. O […]

Atlético-MG demonstra apoio à Zaracho


A diretoria do Atlético-MG se reuniu com seus jogadores nesta quarta-feira. Pelas redes sociais, o clube demonstrou apoio a Zaracho, que foi abordado por membros de uma torcida organizada enquanto estava com sua família em um bar.
O meia fez uma publicação em suas redes sociais explicando o motivo pelo qual estava no estabelecimento. O jogador disse que estava comendo com sua família, que havia chegado da Argentina, e bebendo apenas água. A torcida organizada que abordou o jogador havia iniciado o “Disk Balada”, em que pediu para torcedores do Galo mandarem a localização de atletas que estivessem fora de casa para que fossem questioná-los. O Atlético-MG disse estar “fechado” com Zaracho, que “tem o apoio e confiança da diretoria”.

Sobre o episódio divulgado ontem nas redes, envolvendo o meia @zarachomatiasf1, o #Galo declara estar fechado com o jogador, que tem o apoio e confiança da diretoria, comissão e companheiros. Zaracho é exemplo de determinação, dedicação e profissionalismo#FechadoComZaracho.
— Atlético (@Atletico) September 21, 2022

Sobre a reunião, o presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho, disse se tratar de uma conversa sobre o momento difícil que o Galo está vivendo. O diretor disse estar satisfeito com o resultado.
“Conversamos sobre o momento difícil que estamos atravessando, e que é preciso mudar o nosso rumo até o fim do ano. Saio desse encontro satisfeito, acho que levamos a mensagem correta a todos os presentes. Fizemos nossas colocações, cobranças, de uma forma de alto nível, e por fim, reitero que estou feliz com tudo que aconteceu aqui hoje”, explicou o diretor.
Cuca, técnico da equipe, também falou sobre o encontro. Segundo o treinador, os diretores “foram muito felizes quando cobraram”.
“Essa foi a primeira vez desde o ano passado em que houve uma reunião assim, uma reunião de cobrança, confiança e união. Acho que os diretores foram muito felizes quando cobraram, que eles dão a melhor condição, a melhor estrutura, que tem os salários em dia, e que nós precisamos reagir dentro de um campeonato que podemos acabar bem”, comentou o treinador.
O Atlético-MG é o sétimo colocado no Brasileirão, com 40 pontos, e só venceu uma de suas últimas cinco partidas. Na próxima rodada, o Galo encara o líder Palmeiras, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão.
Deixe seu comentário



Matéria Origial